Além das dores intensas, chikungunya também causa queda de cabelo
18 de Agosto de 2017, 22:06

08 18 tribuna

O fenômeno vem sendo sentindo cada vez mais, sobretudo por pessoas de cabelos longos. Mesmo meses após contrair a chikungunya, o ato de pentear é acompanhado do desprendimento de tufos de cabelo.

Isso ocorre porque o corpo, para combater a doença, concentra energia e nutrientes que alimentavam os cabelos, explica a médica dermatologista Araci Pontes.

Aconteceu com a jornalista Roberta Tavares, que teve a doença há quatro meses. Foi só após o desaparecimento das dores da chikungunya que ela percebeu a queda de cabelo.
Só relacionou os dois problemas ao conversar com outras pessoas que também tinha a doença e estavam apresentando o sintoma. É como a jornalista Lyvia Rocha, que só passou a notar o efeito cerca de três meses depois de começarem os sintomas da doença.

Araci Pontes orienta a quem notar o sintoma procurar um médico, que receitará vitaminas específicas de nutrição capilar. “Todo esse cabelo que cai, volta a crescer”, diz. “E, aí, o tempo ajuda bastante”.

Saiba mais sobre o tema na matéria da NordesTV/Band: Além das dores intensas, chikungunya também causa queda de cabelo


Fonte: Tribuna do Ceará