Mãe do Lailtinho Brega morre no Ceará e humorista alerta para doença: 'Dengue mata'
11 de Abril de 2017, 14:39

04 10 g1

Morreu na madrugada desta segunda-feira (10) a educadora Terezinha de Jesus Rocha Melo, mãe do humorista cearense Lailtinho Braga. Dona Terezinha morreu de dengue às 3h desta manhã, em casa no Bairro Bairro Henrique Jorge, em Fortaleza.

Em post publicado em uma rede social, o humorista alerta para a gravidade dos casos que levam à morte. “Uma mulher, negra, forte, mãe, briguenta, educadora, religiosa e feliz, não aguentou as dores dessa doença. Nos deixou agora às 3h. Como? Dengue. Gente, dengue mata. Sério, mata.”

De acordo com a atualização semanal das doenças de notificação compulsória, o Ceará registrou este ano 2.926 casos de dengue, 29 de zika e 2.677 de chikungunya, com um óbito. De acordo com a Sesa, o Estado tem 41 municípios com alta infestação (acima de 3,9%), 33 com média infestação (entre 1% e 3,9%) e 23 com índice satisfatório (menor que 1%).

Cuidados dentro de casa

O mosquito deposita os ovos em criadouros com água limpa e parada. Para impedir a desova, é fundamental eliminar todos os potenciais focos do mosquito transmissor. Se isso não for possível, é necessário que todos os locais de armazenamento de água sejam mantidos bem fechados e protegidos com telas e tampas adequadas. É importante ressaltar que o tratamento da água não substitui a necessidade de remoção e proteção dos potenciais criadouros do Aeds aegypti.

Além desses cuidados, é preciso evitar que água de chuva se acumule sobre a laje e calhas, guardar garrafas sempre de cabeça para baixo, encher até a borda os pratinhos dos vasos de planta e eliminar adequadamente o lixo que possa acumular água, como pneus velhos, latas, recipientes plásticos, tampas de garrafas e copos descartáveis.

Fonte: G1 - Ceará